Conheça o ACC

Clique no play, e assista ao clipe!

Mercedes-Benz destaca tecnologias do ônibus autônomo na Lat.Bus & Transpúblico


• Tecnologia de segurança ativa, piloto automático adaptativo (ACC) para ônibus rodoviários é atração da marca na Feira Latinoamericana do Transporte
• Sistema acelera e freia sem intervenção do motorista, mantendo distância segura em relação ao veículo à frente
• Linha O 500 passa a oferecer 14 itens tecnológicos de segurança, reduzindo o risco de acidentes e trazendo mais benefícios para passageiros, motoristas e os outros veículos da via
Referência em ônibus, a Mercedes-Benz apresenta no Brasil o avançado piloto automático adaptativo – ACC, já disponível para os chassis rodoviários O 500 RS e RSD. Com isso, a marca antecipa uma tecnologia de segurança e conforto que estará presente no ônibus autônomo do futuro quando o veículo chegar ao País.

Essa novidade é a grande atração tecnológica da marca na feira Lat.Bus & Transpúblico 2018, em São Paulo, maior evento do setor na América Latina. Sob o mote “Pensando no coletivo. Pensando no futuro”, o estande da marca traz mais destaques, enfatizando as tecnologias que asseguram economia no consumo de combustível e redução de emissões de poluentes.
Por meio de sensores na dianteira, o piloto automático adaptativo da Mercedes-Benz ajuda o motorista a manter o ônibus numa distância segura em relação ao veículo que vai à frente. Se o condutor não reagir, o sistema entra em ação, freando ou acelerando automaticamente o veículo para evitar o impacto. O ACC se desabilita a uma velocidade menor que 15 km/h. Independentemente de sua ativação, o motorista tem total autonomia para acelerar ou frear, bastando usar os pedais para isso. Ou seja, o condutor tem sempre o domínio do veículo.

Esse equipamento vai mais além do que um piloto automático convencional, que mantém uma velocidade constante do veículo conforme determinado pelo motorista, proporcionando mais segurança e diminuição do stress do condutor.
“O piloto automático adaptativo reduz o risco de acidentes, trazendo mais segurança para os passageiros, os motoristas e os outros veículos da via”, ressalta Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing de Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Graças à atuação de sensores, esse avançado sistema identifica os veículos à frente até 200 metros, mesmo numa situação de neblina, vantagem muito importante nas estações frias do ano, aumentando a segurança e conforto nas estradas. Além disso, pelo fato de atuar automaticamente, o ACC alivia o stress do motorista, que pode se concentrar mais à condução e ao tráfego”.

“A introdução do ACC na linha rodoviária O 500 representa um importante passo da nossa Empresa no rumo do ônibus autônomo com sistemas ativos de segurança no Brasil. Isso também ocorreu com o sistema de frenagem de emergência AEBS, disponível para modelos O 500”, afirma Walter Barbosa. “Assim estamos antecipando tecnologias já presentes no inovador Future Bus Mercedes-Benz na Europa, que demonstrou sua eficiência e confiabilidade em trechos de circuito fechado de BRT na Holanda. Ou seja, sensores, câmeras, sistema de navegação GPS controlado por satélite e conectividade, elementos do Future Bus, naturalmente serão a referência para o desenvolvimento e operação do nosso futuro ônibus autônomo aqui no Brasil. Temos conhecimento e ampla experiência para isso”.

ACC é uma solução para a realidade das estradas brasileiras

ACC é uma solução para a realidade das estradas brasileiras


O piloto automático adaptativo da Mercedes-Benz é indicado para médias e longas distâncias rodoviárias, especialmente para aquelas caracterizadas por retas muito longas e declives acentuados, muito comuns no Brasil e na América Latina. Também é ideal para trechos de serra, com muitas curvas e neblina, pelo fato de identificar veículos à frente e, automaticamente, frear ou acelerar, conforme a situação.
“Com a introdução do ACC, os ônibus rodoviários O 500 passam a oferecer 14 itens de segurança, ficando a critério do cliente escolher o pacote mais adequado a suas demandas e operações de transporte”, diz Walter Barbosa. “Assim como olham com atenção para o desempenho, consumo de combustível e custo operacional, as empresas de ônibus valorizam cada vez mais os itens de tecnologia, conforto e segurança, visando oferecer um serviço de qualidade aos passageiros e que assegure sua satisfação e fidelidade. Nossos ônibus O 500 contribuem cada vez mais para isso, especialmente pela ampla e abrangente oferta de itens de segurança”.

14 itens de segurança em ônibus rodoviários O 500


• ACC (Active Cruise Control) – piloto automático adaptativo
• AEBS (Advanced Emergency Braking System) – sistema de frenagem de emergência
• LDWS (Lane Departure Warning System) – sistema de aviso de faixa
• TPMS (Tyre Pressure Monitoring System) – sistema de monitoramento da pressão e temperatura dos pneus
• Retarder – sistema auxiliar de freio
• Top-Brake – freio-motor auxiliar
• Suspensão com sistema anti-tombamento
• ABS – sistema anti-travamento
• ASR – sistema de controle de tração
• EBS – sistema eletrônico de freios
• ECAS – suspensão pneumática controlada eletronicamente
• ESP – controle eletrônico de estabilidade
• Eixo ERA direcional: maior estabilidade
• Freio a disco

“Com todos esses itens, a linha rodoviária Mercedes-Benz é referência em segurança e conforto no mercado brasileiro e exportação. Essa família O 500 é a mais moderna e avançada, desenvolvida no conceito modular, que permite receber todos os tipos de carroçarias desejadas pelos clientes”, reforça Walter.

Redução de consumo ganha destaque nos ônibus Mercedes-Benz

Redução de consumo ganha destaque nos ônibus Mercedes-Benz


Os recursos dos ônibus Mercedes-Benz no que se refere à redução de consumo e emissões ganham importância em metrópoles, como São Paulo e Rio de Janeiro, além de outras grandes cidades do Brasil e da América Latina. Entre essas avançadas tecnologias, incluem-se, ainda, o RKM (sistema de recuperação de energia elétrica) e o EIS (desligamento automático do motor).

O gerenciamento inteligente do RKM, cuja principal vocação são os ônibus urbanos, aproveita a reserva de capacidade de energia elétrica produzida pelos alternadores do veículo, principalmente nos momentos de desaceleração, e a armazena em super capacitores, que atuam de modo autônomo. A energia elétrica armazenada é utilizada como fonte adicional durante os momentos de aceleração do ônibus.
Com os super capacitores carregados, o RKM disponibiliza uma carga de energia elétrica que normalmente é fornecida pelos alternadores, que são acionados pelo motor do veículo. Ao liberar os alternadores dessa função, o sistema propicia uma economia no consumo de combustível. Nos testes realizados pela Engenharia de Desenvolvimento da Mercedes-Benz, foram registradas economias médias de cerca de 2%. Além disso, o RKM assegura diminuição nas emissões de CO2 (Dióxido de Carbono).

O EIS (Engine Idle Shutdown) é um inovador sistema de desligamento automático do motor. Se o ônibus está parado, porém com motor ligado, câmbio no ponto morto e freio de mão acionado, numa situação que perdure por um longo período – por exemplo, 4 minutos – sem que o motorista acelere o veículo ou acione o freio de serviço, o sistema entra em ação e automaticamente desliga o motor.

Esta é uma situação bastante comum em garagens, rodoviárias, terminais urbanos e pontos de parada. Nessas circunstâncias, o EIS entra em ação, proporcionando economia no consumo de combustível, além de reduzir as emissões de poluentes e de ruídos. Esta solução acaba por contribuir para a conscientização do motorista quanto à necessidade de se desligar o motor se o veículo ficar parado por um tempo prolongado.

Pacote “Fuel Efficiency” assegura ganhos no curto e no longo prazo

Pacote “Fuel Efficiency” assegura ganhos no curto e no longo prazo


Lançamento recente no País, o Pacote “Fuel Efficiency” também ganha evidência na linha Mercedes-Benz. Visando assegurar redução no consumo de combustível para as empresas de transporte rodoviário de passageiros, o “Fuel Efficiency” inclui uma nova parametrização do câmbio automatizado Mercedes PowerShift GO 240, compressor de ar do motor com otimização de energia, gerenciamento eletrônico do ventilador do radiador, aumento de torque para o motor OM 457 LA de 360 cv para 1.850 Nm, e o sistema de desligamento automático do motor.

“O custo do combustível é um dos itens mais importantes na gestão de uma frota. Por isso, não paramos de desenvolver novas soluções para atender às necessidades dos clientes quanto à redução do consumo”, afirma Walter Barbosa. “Conforme o modelo e os itens escolhidos pelo cliente, além das condições de operação e dirigibilidade do veículo, pode-se chegar a uma redução entre 2% e 8% no consumo de combustível, em comparação com atuais versões dos chassis O 500”.
Com o menor consumo, as novidades tecnológicas proporcionam redução do custo operacional e uma melhora do TCO, que é o custo operacional total do veículo ao longo de sua vida útil. Isso resulta numa ótima relação custo/benefício e em maior rentabilidade para as empresas de transporte de passageiros.

O Pacote “Fuel Efficiency” para os ônibus rodoviários O 500 RS, RSD e RSDD reforça o posicionamento da linha de ônibus da Mercedes-Benz como a mais tecnológica do País, destacando-se por itens que garantem um elevado padrão de desempenho, economia, conforto e segurança no transporte de passageiros.

“A oferta de equipamentos e sistemas avançados amplia ainda mais o leque de possibilidades para que os clientes configurem os seus ônibus de acordo com suas demandas, tipo de operação e condições de topografia onde irão atuar. Dessa forma, além de menor custo operacional, poderão desfrutar de muito mais benefícios em termos de segurança”, ressalta Walter Barbosa.

Resumo dos itens do Pacote Fuel Efficiency

Resumo dos itens do Pacote Fuel Efficiency


Nova parametrização do câmbio automatizado GO 240
Power Reduction – compressor de ar com otimização de energia
Visctronic – controle inteligente de acionamento do ventilador do radiador
High Torque – aumento de torque para OM 457 LA de 360 cv
EIS – sistema de desligamento automático do motor

Nova geração de caixas automáticas para ônibus urbanos O 500


Entre as novidades em 2018 para a linha de ônibus urbanos O 500 Padron de 13,2m e também articulados e superarticulados, nas versões piso baixo e piso alto, a Mercedes-Benz oferece novas gerações das caixas automáticas Voith DIWA e ZF Ecolife. Ambas proporcionam redução no consumo de combustível, além de assegurar menor ruído na operação, trazendo mais conforto e bem-estar a bordo.

A caixa automática reduz a pressão de trabalho quando não está em plena carga ou em velocidade de cruzeiro e alivia a carga solicitada ao motor. Além disso, conta com assistente de partida em rampa, retarder incorporado e sensor de inclinação que detecta a topografia.

Participação da Mercedes-Benz no estande da Lat.Bus & Transpúblico

Participação da Mercedes-Benz no estande da Lat.Bus & Transpúblico


• Exposição de seis chassis – urbanos: O 500 U, superarticulado O 500 UDA e OF 1724 L; rodoviários: O 500 R, RSD e RSDD
• Daimler Financial Services traz para o evento a “moovel”, plataforma integradora dos meios de transporte urbano
• Serviços e parceiros de negócios, como o Banco Mercedes-Benz, também estarão no estande
• Experiência Mercedes-Benz em combustiveis alternativos e veículos elétricos
• Referência em ônibus, Mercedes-Benz participa do evento com o tema “Pensando no coletivo. Pensando no futuro”
Referência em ônibus, a Mercedes-Benz leva para a feira Lat.Bus & Transpúblico 2018 o mote “Pensando no coletivo. Pensando no futuro”. Num estande de mais de 1.400 m², estão expostos seis chassis da marca: os modelos urbanos O 500 U, superarticulado O 500 UDA e OF 1724 L e os rodoviários O 500 R, RSD 6x2 e RSDD 8x2.

Na área externa do pavilhão, ganham destaque, já encarroçados, um superarticulado e dois ônibus rodoviários da linha O 500. Além disso, no estande da Allison, está sendo apresentada uma versão do OF 1721 L com câmbio automático.
O lançamento do ACC, piloto automático adaptativo, é a grande atração tecnológica para ônibus rodoviários no estande da marca. Com essa novidade, a linha O 500 passa a oferecer 14 itens de segurança ativa, reduzindo o risco de acidentes e trazendo mais benefícios para os passageiros, motoristas e os outros veículos da via.

O estande da Mercedes-Benz no evento também traz as tecnologias EIS (sistema de desligamento automático do motor) e RKM (módulo de recuperação de energia elétrica). Esses sistemas reduzem o consumo de combustível, otimizando o custo operacional para as empresas, além de diminuir as emissões na atmosfera, melhorando a qualidade do ar.

Daimler Financial Services apresenta a “moovel” no evento

Conheça a Moovel

Clique no play, e assista ao clipe!

Também com foco em inovação tecnológica e conectividade, o estande da Mercedes-Benz contará com a participação da Daimler Financial Services – uma das divisões do Grupo Daimler que atua com dois pilares principais: serviços financeiros, como o Banco Mercedes-Benz no Brasil, e serviços de mobilidade – que irá demonstrar as características e potencialidades do inédito “moovel”, plataforma integradora dos meios de transporte urbano.

Líder de mercado na emissão de bilhetes móveis nos Estados Unidos, a “moovel” é uma solução de mobilidade do Grupo Daimler que oferece aos usuários a oportunidade de comparar vários meios de transporte, reservar e pagar diretamente por meio do aplicativo.
Um de cada dois veículos vendidos pela Daimler em todo o mundo estão sendo financiados ou alugados pela Daimler Financial Services. Ao longo dos últimos anos, a Daimler Financial Services criou um portfólio abrangente de novas soluções de mobilidade urbana, como car2go (compartilhamento de automóveis), plataforma integradora de meios de transporte urbano (moovel) e transporte por demanda (mytaxi). No total, mais de 23,5 milhões de clientes estão registrados nos diversos serviços de mobilidade em 110 cidades da Europa, América e China.
A Daimler Financial Services está presente na Lat.Bus & Transpúblico também com o portfólio de financiamentos e seguros oferecidos pelo Banco Mercedes-Benz para os clientes do segmento de ônibus. A instituição oferece um amplo portfolio de produtos financeiros, com o BNDES Finame, o Refrota (linha de crédito com recursos do FGTS da Caixa Econômica Federal para financiamento de ônibus urbanos), CDC e Leasing, além de seguros para ônibus rodoviários.

“O Banco Mercedes-Benz é um grande parceiro de negócios da Fábrica e da Rede de Concessionários”, afirma Walter Barbosa. “Atualmente, 7 de cada 10 ônibus Mercedes-Benz financiados são contratados pela instituição financeira da nossa própria marca”.

Alliance amplia oferta a frotistas de ônibus

Alliance amplia oferta a frotistas de ônibus


Em termos de serviços, os principais destaques da marca no evento são as novidades da Alliance Truck Parts, os Planos de Manutenção para ônibus, o sistema de gestão de frota FleetBoard e suas ferramentas de telediagnose, o programa de fidelidade e recompensas Mercedes Club e ainda o Serviço Dedicado Conectado, pacote que reúne três serviços: Fleetboard, Planos de Manutenção e Oficina Dedicada.
O portfólio da Alliance foi incrementado para o segmento de ônibus. A oferta de itens para veículos multimarcas – que já conta com tambores e discos de freio, lonas e pastilhas de freio, filtros diversos, bombas d’agua, mangueiras de intercooler e turbinas – passará a incluir, ainda em 2018, baterias, terminais e barras de direção.

O custo atrativo das peças satisfaz os clientes que buscam mais economia na hora de fazer a manutenção de seus veículos, mas que não abrem mão da qualidade. Importante diferencial de mercado das peças Alliance é a garantia de 6 meses, sem limite de quilometragem, com cobertura em todo o território nacional.

Mercedes-Benz é referência em ônibus

Mercedes-Benz é referência em ônibus


“Pensando no coletivo. Pensando no futuro” – Com base nesse conceito, o estande da Mercedes-Benz no evento chama a atenção pelos elementos de design, inspirados num grafismo de árvores, com iluminação clean e moderna, enfatizando a evolução tecnológica, a conectividade com o futuro e as soluções em serviços.

“Não importa para onde vá a mobilidade, ela começa no nosso estande, com a Mercedes-Benz, que é referência em ônibus no Brasil e no mundo”, afirma Walter Barbosa. “Nossa marca está sempre inovando. Ela é o futuro da tecnologia, com qualidade, segurança, conforto, rentabilidade e confiabilidade”.
Para enfatizar essa Empresa que olha sempre para o futuro, nas mídias e informativos do estande vão conter o novo Mascote Robô da Mercedes que irá compor as novas Campanhas de Ônibus do Brasil. Esse robô reforça o conceito da avançada tecnologia, fazendo link com campanhas nas redes sociais, evidenciando a mobilidade, transporte coletivo e ônibus da marca.

Ainda no estande, os tótens informativos de tecnologias, peças e serviços serão interativos, eliminando, por exemplo, a distribuição de folhetos em papel e estimulando o uso digital e da conectividade. A loja da Mercedes-Benz Collection complementa os atrativos para os visitantes.

Ampla experiência com combustíveis alternativos e veículos elétricos

Ampla experiência com combustíveis alternativos e veículos elétricos


Durante o evento, a Mercedes-Benz enfatiza também a ampla experiência da Empresa com o desenvolvimento de motores e ônibus para combustíveis alternativos e tração elétrica.

“Sabemos que o diesel, por sua tradição histórica e as grandes reservas existentes, é o combustível mais usado no Brasil e no mundo. Mas temos que investir em outras alternativas e o biocombustível de 2ª geração é um caminho a ser percorrido e bastante interessante”, ressalta Walter Barbosa. “Mas para que isso aconteça é necessário torná-lo economicamente viável no País”.
O Brasil é rico na oferta de produtos de origem vegetal e gordura animal, criando possibilidades para a produção de biocombustíveis, como, por exemplo, o HVO (Hydrotreated Vegetable Oil ou Óleo Vegetal Hidrotratado). “Se o País investir e mantiver a continuidade no desenvolvimento de alternativas como essa, terá mais opções de combustíveis no futuro, em especial para o transporte coletivo de massa. Além disso, é primordial que o Brasil invista em infraestrutura de produção para assegurar a utilização de biocombustíveis em grande escala”.

Walter Barbosa informa ainda que, em relação à alternativa dos elétricos, a Mercedes-Benz do Brasil já participa de algumas iniciativas no País. “Temos parceria com a Eletra e vários ônibus da nossa marca, cerca de 70 trólebus em São Paulo, já rodam com a tecnologia elétrica”, diz ele. “Mas a maior utilização dessa alternativa ao diesel também terá que passar por infraestrutura adequada, ser economicamente viável para não onerar a população que utiliza transporte público e ter uma política de planejamento no País, a fim de garantir essa opção muito importante no futuro do nosso transporte coletivo”.

O Grupo Daimler já detém essas tecnologias como alternativas à utilização do diesel. Por exemplo, movidos a GNV, Biodiesel HVO, Híbrido, células de combustível, de modo experimental, e os elétricos, que têm previsão de início de operação em 2019. Com a infraestrutura adequada e os custos operacionais compatíveis para o transporte público brasileiro, essas soluções podem ser trazidas para operação no Brasil, por meio da marca Mercedes-Benz.

Contato

Entre em contato, tire suas dúvidas



Valter Oliveira

+55 11 4173-7324
valter_barbosa.oliveira@daimler.com

Mais informações sobre a Mercedes-Benz estão disponíveis na internet em:
http://www.mercedes-benz.com.br/institucional/imprensa/releases
Eletronic Media Kit © Copyright 2018 Mercedes-Benz do Brasil - Todos os direitos reservados by: M3 Mídia